Blog Curves

1 – Pratique atividades físicas

Nenhuma dieta será eficaz se você não praticar atividades físicas. Isso é fundamental para acelerar o metabolismo e proporcionar o melhor desempenho das funções do organismo;

2 – Beba bastante água

A água aumenta a sensação de saciedade e auxilia na “limpeza” do organismo, potencializando as ações do sistema digestório;

3 – Regule seus horários

Seu organismo é como uma máquina, por isso precisa de horários regulados para comer, se exercitar e descansar para funcionar perfeitamente;

4 – Coma com moderação

Não abuse nas refeições. Coma quantidades moderadas e procure fazer pequenas refeições a cada três horas. Se sua alimentação estiver sob controle, com toda a certeza vai chegar aos objetivos que espera!;

5 – Não espere sentir fome

Um dos maiores erros é achar que para comer precisa sentir fome. Como falamos no item anterior, organize sua alimentação para se alimentar de três em três horas;

1111_saudeebemestar_blog

6 – Evite frituras

Frituras são muito gordurosas, por isso, se o intuito é emagrecer, evite para consumir menos calorias!;

7 – Diga não aos refrigerantes

O refrigerante é extremamente calórico, além de possuir ácidos que retém gases e também líquidos no organismo, deixando você inchada, impossibilitando a perda de barriga e definição do abdômen;

8 – Não ingira líquidos durante as refeições

Quando bebemos qualquer líquido durante as refeições (inclusive água), nosso processo de digestão fica mais lento, dificultando que os alimentos sejam digeridos e absorvidos pelo organismo;

9 – Coma frutas, verduras e legumes

Inclua bastante frutas, verduras e legumes em sua alimentação. Com certeza esses são os melhores alimentos para o período de dieta por possuírem boas proteínas que nutrem o organismo e dão a sensação de saciedade;

10 – Evite doces

Para quem deseja emagrecer, grandes fontes de açúcar não são uma boa opção. A ingestão de glicose aumenta a insulina no sangue e este processo dificulta o emagrecimento;

11 – Coma devagar

Se você come depressa e não mastiga bem os alimentos, seu organismo não consegue aproveitar todos os nutrientes e proteínas ingeridos. Pior ainda, seu corpo não entende que você se alimentou o suficiente e logo você estará com fome novamente. Sinta o sabor do que você está comendo;

12 – Beba bastante sucos

Opte sucos naturais no lugar de outras bebidas, mas prefira o modo natural e sem adoçar – o açúcar da fruta já é o suficiente. Caso ache necessário, use adoçante;

13 – Tenha uma boa dieta

Converse com um nutricionista para montar um programa de alimentação de acordo com as suas necessidades. Foque e não saia da dieta pois só assim conseguirá atingir os resultados desejados.

Pão Doce Caseiro Saudável

9 novembro 2016

Meninas, esta é uma receita de um delicioso pão doce caseiro que não possui lactose, por isso pode ser consumido por pessoas com alergias ou intolerâncias alimentares. Além disso, é mais saudável do que as receitas tradicionais, por possuir farinha de trigo integral, farinha de centeio e de maracujá, que são boas fontes de fibras que auxiliam no funcionamento do intestino. A substituição do açúcar refinado pelo mascavo, também auxilia na redução do colesterol e no controle da glicemia, propiciando sabores e aromas especiais.

0911_saudeebemestar_blog

Ingredientes:

-1 ½ xícaras (chá) de farinha de trigo;

-1 ½ xícaras (chá) de farinha de trigo integral;

-1 xicara (chá) de farinha de centeio;

-2 colheres (sopa) de cacau em pó;

-1 pitada de sal;

-30g de fermento biológico fresco;

-3 colheres (sopa) de açúcar mascavo;

-3 colheres (sopa) mel;

-3 colheres (sopa) óleo de coco;

-1 ½ a 2 xícaras (chá) de água morna;

-Farinha de maracujá.

Modo de preparo:

Em uma tigela, misture os ingredientes secos e o fermento biológico fresco esfarelado. Faça um buraco no meio e reserve;

Bata o mel e o óleo de coco com a água morna em um liquidificador. Aos poucos, misture os líquidos batidos com os ingredientes secos. Se necessário, acrescente o restante da água;

Sove por 10 a 20 minutos;

Modele a massa como bolinhas;

Passe na farinha de maracujá e faça algumas incisões decorativas;

Deixe crescer por 40 minutos;;

Coloque os pãezinhos em um forno pré-aquecido a 180ºC por aproximadamente 20 minutos.

Benefícios do quiabo

7 novembro 2016

O quiabo possui baixas calorias – cerca de 30 calorias a cada 100g – além de não conter gorduras saturadas e colesterol. É uma boa fonte de fibras dietéticas, minerais como o potássio, zinco, cálcio, ferro e magnésio, além de proteínas e vitaminas A, C, K, B9 e B6.

0711_saudeebemestar_blog

Listamos alguns dos muitos benefícios do quiabo:

– Previne a diabetes;
– Reduz o colesterol;
– Ajuda a eliminar toxinas do sistema digestivo;
– Previne aterosclerose;
– Previne a prisão de ventre;
– Vitamina para a pele;
– Ajuda a tratar inflamação do pulmão e do câncer;
– Previne defeitos congênitos, sendo recomendado durante a gestação;
– Ajuda a reduzir os efeitos da depressão, cansaço e fraqueza mental;
– As sementes ajudam na redução da pressão arterial;
– Alivia as dores nas articulações, sendo recomendado para artrite reumatoide, lúpus e fibromialgia;

Que tal incluir o quiabo nas próximas refeições?

Meninas, essa é uma receita ótima e saudável para acrescentar na dieta sem culpa – e o melhor, tem Curves Shake nos ingredientes. Vejam como é simples fazer essa nova versão de panqueca com banana:

0411_saudeebemestar_blog

Ingredientes

-1 colher de sopa de farinha de coco;
-1 banana amassada;
-1 ovo inteiro;
-½ scoop de Curves Shake sabor chocolate.

Modo de preparo

Coloque todos os ingredientes em um recipiente e misture tudo até a massa ficar homogênea. Leve ao fogo em uma frigideira e vire a panqueca com uma espátula até os dois lados ficarem dourados. Dica: não deixe o fogo muito alto para não tostar e passar do ponto.

Depois disso é só servir e vocês ainda podem acrescentar rodelas de banana ou mel para a panqueca ficar ainda mais gostosa.

Uma coisa é fato: pessoas saudáveis pensam, se concentram e se desempenham melhor, dentro ou fora do escritório. São 3 os fatores principais para que isso aconteça: alimentação, atividades físicas e descanso.

3110_saudeebemestar_blog

Coma melhor
Alimentos saudáveis, ricos em nutrientes e proteínas são os nossos melhores medicamentos, ideais para o funcionamento do cérebro e do corpo, ajudando a prevenir doenças, aliviando o estresse. E favorecendo a concentração e foco. Tente sempre ter ovos, peixe, frango, carnes boas, verduras, legumes, quinoa e grão de bico em suas refeições.

Manter-se bem hidratada também é fundamental. A água dá energia, mantém os músculos e articulações funcionando de forma correta, ajuda na concentração e no funcionamento do cérebro em geral.

Mova-se mais
Mover seu corpo combate a inflamação, síndrome metabólica, câncer, doenças cardíacas e envelhecimento. Isso ajuda na construção da densidade óssea, que equilibra seus altos e baixos emocionais e aguça suas habilidades mentais. Por isso, manter uma rotina de atividades físicas é fundamental.

Exercitar-se auxilia e muito a melhorar o desempenho mental – especificamente o que é conhecido como função executiva, que inclui memória, raciocínio, resolução de problemas e planejamento. Pratique alguma atividade física (vem pra Curves!) antes de sua tarefa mental mais importante do dia.

Durma bem
Descansar adequadamente ajuda a prevenir doenças, retarda o envelhecimento e a estimula a criatividade. O sono é o momento de gravar aquilo que se aprendeu. Para uma boa noite de sono, não consuma cafeína até seis horas antes de sua hora de dormir.

Mantenha seu quarto escuro para realmente se desligar do mundo. Não verifique o e-mail, desligue a TV, o som do celular… Por mais que você feche os olhos, sua mente pode ficar atenta às coisas em sua volta e prejudicar a qualidade do seu sono.

Nós mulheres sempre levamos a fama de que carregamos na bolsa mais coisas do que precisamos (tá, às vezes pode ser verdade, mas é porque somos precavidas rs). Uma mulher com a bolsa preparada pode enfrentar todas as ocasiões do dia a dia sem se preocupar – funciona como se tivesse mil e uma utilidades.

2910_universofeminino_blog

Por essas e outras, nós listamos 20 itens essências para qualquer mulher ter na bolsa:

1 – Chaves

Essenciais e primordiais, sempre carregue as chaves de casa, do carro e de onde você precisar abrir a porta;

2 – Documentos

Outro item totalmente essencial, carregar um documento de identidade é necessário pois nunca sabemos quando iremos precisar “provar” quem somos e também como forma de reconhecimento em alguma incidência como roubos, perdas e acidentes. Nunca se esqueça dos documentos do carro e a carteira de motorista!

3 – Dinheiro e Cartões

Como toda boa mulher, sempre vemos alguma coisinha que nos agrada ou que precisamos comprar por alguma razão ou ocasião, então sempre carregue uma quantia não muito alta de dinheiro e os cartões, dando preferência para pagamentos em débito e crédito – só usando dinheiro para pequenos valores ou quando o estabelecimento não aceitar cartões;

4 – Celular

Quem vive sem o celular, não é mesmo? Além de ser uma forma rápida de comunicação com outras pessoas, ainda possui agenda e outros aplicativos que podem te ajudar na organização e na distração quando precisar (não esqueça do carregador);

5 – Guarda-chuva

Um item salvador para evitar que você fique presa em lugares quando a chuva apertar;

6 – Remédios

Se você toma algum tipo de remédio frequentemente, é óbvio que precisará andar sempre com ele. Mas também é um ótimo recurso ter remédios para dor, enjoo e cólica menstrual;

7 – Absorventes

Mesmo que seu ciclo menstrual seja regular, manter absorventes íntimos na bolsa é sempre prudente;

8 – Curativos

Pequenos acidentes podem ocorrer normalmente em nosso dia a dia, portanto, ter sempre um pacotinho de curativos é uma boa precaução para evitar sangramentos, infecções e inflamações;

9 – Lenços de Papel

Em casos de congestão nasal, ter um pequeno pacote de lenços de papel na bolsa é um alívio para qualquer momento, além de poder servir como papel higiênico em banheiros públicos;

10 – Álcool Gel

Super importante para higienizar as mãos após contatos em locais públicos como ônibus, elevadores, corrimãos e etc.;

11 – Balas ou Chicletes de Menta

A bala ou chiclete de menta ajuda a manter o hálito fresco e agradável, além de aliviar a garganta em caso de incômodos;

12 – Desodorante

Para quando você sair na correria de casa e esquecer de passar desodorante ou em momentos específicos de transpiração, tenha sempre um pequeno desodorante na bolsa;

13 – Bastão Tira Manchas

Sempre aparecem aquelas manchinhas que não sabemos como aconteceu, mas incomoda por sujar nosso look. Uma boa saída para esses problemas é carregar um bastão tira manchas na bolsa para resolver ou amenizar a mancha até a próxima lavagem;

14 – Alfinete, Linha e Agulha

Botões que caem, linhas que descosturam… isso sempre pode acontecer e, pra resolver rapidamente, ter estes itens com você ajudam a solucionar o problema;

15 – Cortador de Unhas

Para manter sua beleza e evitar arranhões quando alguma unha quebrar, carregue um cortador de unhas pequeno na bolsa;

16 – Protetor Solar e Hidratante

Mesmo em dias sem sol, devemos usar protetor solar e o hidratante para manter a pele sempre suave e macia. Existem produtos que são 2 em 1 e já fazem as duas funções de uma só vez!;

17 – Hidratante Labial

Este item é fundamental para evitar ressecamento e rachadura dos lábios rapidamente;

18 – Folhas Anti-brilho

Feitas de um material absorvente que consegue absorver a oleosidade da pele sem retirar a maquiagem, as folhas anti-brilho irão revolucionar os seus dias;

19 – Maquiagem

Para realçar a make ou dar um toque especial para certas ocasiões repentinas, um pequeno kit de maquiagem com pó, batom, blush e sombra em tons nude ou nos que você tiver preferência cumpre bem com a missão de elevar a beleza sempre que precisar;

20 – Perfume

Para manter-se sempre bem perfumada e sentir-se bem cuidada, carregue um pequeno perfume de sua preferência na bolsa.

E aí Curvetes, vamos organizar melhor nossas bolsas?

A mamografia é um exame de imagem realizado nas mamas, como um raio X, considerado padrão ouro para detecção precoce do câncer de mama. Muitas mulheres deixam de fazer o exame para evitar dores e incômodos – fatores que mastologistas e radiologistas tentam desmitificar para o bem do exame e da população, já que essa doença afeta a maioria das mulheres em todo o mundo (saiba mais sobre a doença).

2610_saudeebemestar_blog

Quando fazer o exame?

A primeira mamografia deve ser feita aos 35 anos de idade, anualmente após os 40 anos e, para mulheres entre 50 e 69 anos, a indicação do Ministério da Saúde é de que seja realizada a cada dois anos para identificar o possível câncer antes do surgimento dos sintomas.

Caso a paciente seja diagnosticada como de alto risco para a doença, poderá iniciar o controle mais cedo. São consideradas mulheres de alto risco para a doença aquelas com um ou mais parentes de 1º grau (mãe, irmã ou filha) com câncer de mama antes dos 50 anos; um ou mais parentes de 1º grau com câncer de mama bilateral ou câncer de ovário; histórico familiar de câncer de mama masculino; lesão mamária proliferativa com atipia comprovada em biópsia.

Como é a mamografia?

A mulher fica posicionada em pé e próxima ao equipamento. O mamógrafo comprime as mamas horizontal e verticalmente. Embora seja um pouco desconfortável, o exame é rápido e a paciente pode retomar suas atividades de rotina logo após normalmente. Pacientes com próteses de silicone devem informar o médico antes da realização.

Para efetuar a mamografia, o uso de cremes, desodorantes, perfumes, talcos e etc., deve ser evitado para não prejudicar a captação das imagens. Por se tratar de um exame que utiliza raios X, sua realização também deve ser evitada durante o primeiro trimestre de gestação.

O Sistema Único de Saúde (SUS) garante a oferta gratuita de exame de mamografia para as mulheres brasileiras em todas as faixas etárias. A recomendação, por parte dos médicos, é que a avaliação seja feita antes dos 35 anos somente em casos específicos. Por isso, sempre realize o autoexame periodicamente (veja como fazer o autoexame).

Você é daquele tipo de pessoa sente fome logo após acabar de comer?
Segundo especialistas, existem vários aspectos para acontecer. Listamos algumas razões, mas lembre-se de que é essencial consultar o seu médico para um diagnóstico mais preciso e início de um tratamento, caso necessário.

2410_saudeebemestar_blog

Desidratação: estar desidratado faz com que o cérebro interprete que você está com fome, quando, na realidade, seu corpo precisa de líquidos. Uma dica é: antes de atacar a geladeira, beba um copo de água e espere de 15 a 20 minutos para ver a fome desaparece;

Falta de sono: noites mal dormidas podem ativar os hormônios ligados ao apetite, causando transtornos na sensação de saciedade;

Excesso de carboidratos: você é daqueles que ataca uma caixa de bombons? Saiba que isso faz com que o seu corpo e cérebro fiquem “viciados” em carboidratos simples, que são encontrados em doces e alimentos feitos com farinha branca, como bolos. Eles aumentam os níveis de açúcar no sangue e em seguida os derrubam, fazendo com que o seu corpo peça mais carboidratos. Para isso, escolha sempre carboidratos complexos, com mais fibras, que trazem mais saciedade;

Estresse: com o aumento da tensão, o corpo produz dois hormônios que, quando elevados, induzem o corpo a entender que precisa de mais energia, aumentando a vontade de ingerir mais carboidratos;

Falta de proteína: a proteína magra e a gordura saudável trazem mais saciedade. A quantidade diária recomendada varia de acordo com o seu organismo. Consulte um médico para avaliar os níveis ideais para você.

Rapidez na hora de comer: você pode ter comido até o seu estômago ficar cheio, mas se você comer com muita rapidez, o seu cérebro não vai registrar a saciedade.

Toda semana, iremos publicar receitas para o Shake Curves ficar ainda mais saudável e você variar os sabores. Na receita de hoje, vamos ensinar uma receita super fácil de fazer do Smoothie de banana com aveia e Shake Curves.

Por si só, já seria uma bebida saudável, mas o Shake Curves proporciona ainda mais benefícios como o favorecimento da construção e recuperação muscular, alta quantidade de proteínas, vitaminas e mineiras, baixo teor de calorias e gorduras, além de auxiliar no bom funcionamento do corpo.

2110_saudeebemestar_shakecurves_blog

Veja o que você precisa e como é fácil de fazer:

Ingredientes:

-250mL de leite desnatado;
-1/2 banana;
-1/2 xícara de aveia;
-2 scoops de Curves Shake (sabor de sua preferência);

A dica é deixar o leite na geladeira para o Smoothie ficar ainda mais gostoso e refrescante!

Para preparar, basta bater todos os ingredientes no liquidificador até obter uma consistência suave e com espuma.

Obesidade X Câncer de mama

19 outubro 2016

Como já falamos em outras matérias aqui em nosso blog, o câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve como consequência de alterações genéticas em algum conjunto de células da mama, que passam a se dividir descontroladamente. Ocorre o crescimento anormal das células mamárias, tanto do ducto mamário quanto dos glóbulos mamários.

1910_saudeebemestar_blog

É o tipo de câncer que mais atinge as mulheres em todo o mundo, sendo 1,38 milhões de novos casos e 458 mil mortes pela doença por ano, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). A proporção em homens e mulheres é de 1:100 – ou seja, para cada 100 mulheres com câncer de mama, um homem terá a doença.

Conheça os 4 estágios da doença:

  • Estágio 0: as células cancerosas ainda estão contidas nos ductos, tornando o problema quase sempre curável nesta fase;
  • Estágio 1: o tumor possui menos de 2 cm, sem acometimento das glândulas linfáticas da axila;
  • Estágio 3: o nódulo cresceu para mais de 5 cm e pode alcançar músculos e peles. Mas ainda não há indício de que o câncer se espalhou pelo corpo;
  • Estágio 4: tumores de qualquer tamanho com metástases e, geralmente, há comprometimento das glândulas linfáticas.

No Brasil cerca de 60 a 70% dos casos são diagnosticados em estágio 3 ou 4 e o excesso de peso é um fator de risco para o câncer de mama, principalmente após a menopausa. A partir dessa idade, o tecido gorduroso passa a atuar como uma nova fábrica de hormônios e a gordura das mamas é convertida em estrógeno.

O maior perigo é para aquelas que apresentam um índice de massa corporal (IMC) igual ou superior a 30. A redução de apenas 5% do peso diminuiria quase pela metade os riscos de desenvolver alguns dos principais tipos da doença. A constatação é de pesquisadores do Centro de Prevenção Fred Hutchinson (EUA), com base na avaliação de dados de 439 mulheres acima do peso entre 50 e 75 anos de idade.

A câncer de mama é coisa séria e para fazer o autoexame buscando é prevenção é simples. Veja aqui e previna-se. Caso encontre algum sintoma, procure seu ginecologista.